Uma advertência necessária

Quem busca escrever, seja profissionalmente ou não, e quer publicar sua produção escrita, enfrenta três fases bastante distintas, cada uma com suas dificuldades específicas: uma primeira, em que produz o seu conteúdo e prepara esse conteúdo até a aceitação de uma editora; uma segunda fase, em que concentra seu tempo e energias na interação com a editora ou a gráfica e administra os detalhes do lançamento; e, finalmente, a terceira, que é a divulgação desse livro, bem como a retomada da produção escrita.

Todas essas fases possuem desafios, sendo que a primeira fase é a mais fácil entre as três. Isso acontece porque, antes de publicar, não há cobranças, não há as aflições e questionamentos que as demais suscitam. Escreve-se com facilidade e todos os passos são vistos como parte do crescimento pessoal e amadurecimento da obra.

Para melhor compreensão, o Guia do Escritor dividiu essa fase anterior à publicação do livro em 6 fases:

1. A vocação

2. Caindo na real

3. Visão da obra

4. Ao trabalho

5. Hora de cair dentro

6. Crivo externo

Agora é dar a partida!

Compartilhar
Artigo anteriorProgramação imperdível da XV Bienal do Livro
Próximo artigoA vocação literária
Paula Cajaty
Escritora, editora, poeta e crítica literária. Nasceu no Rio de Janeiro e publicou "Afrodite in verso" e "Sexo Tempo e Poesia" em 2008 e 2010, além de participações em antologias e coletâneas. Criou o boletim Leituras em 2007 e publicou mais de 154 edições até o início de 2014, quando conheceu a Dani Fernandes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here