Sobre

Há até pouco tempo não podíamos contar com as facilidades das redes sociais como elas existem hoje. Todo mundo se comunicava por e-mail mesmo. No Rio, a única mídia especializada em literatura era o, ainda importantíssimo, caderno Prosa e Verso, do O Globo, e alguns poucos blogs. E era por e-mail que circulavam todas as novidades do mercado literário.

Entre tantas trocas de e-mail, a editora e escritora Paula Cajaty apostou na dica do marido Marcel Felipe e resolveu criar uma mídia alternativa que reunisse as notícias, dicas e livros bacanas. Foi aí que nasceu, em 2007, o boletim Leituras. O começo foi difícil, pelo Gmail mesmo, sem pretensão de ser grande. Mas a lista de assinantes foi crescendo e hoje soma mais de 8 mil leitores diretos, e um sem número de leitores indiretos, o que obrigou a mudança para outras plataformas de envio.

Muitos amigos participaram da história do boletim: os escritores Márcio Vassallo, Valéria Martins e Ana Cristina Melo, e tantos autores que passaram a enviar livros. Não daria para nomear todos aqui, mas estão carinhosamente registrados na memória do bL e nos posts mais antigos. Depois várias editoras cariocas e paulistas também começaram a incluir o boletim como veículo para suas divulgações.

Até que veio a crise dos sete anos e a necessidade de mudança. Desde maio de 2014 o boletim estava parado, sem atualização. Estava num casulo de ideias. E junto com a chegada da primavera, o boletim renasceu em novo formato. O bL, que existia apenas no formato de boletim quinzenal, passou a ser, também, um site com atualização diária, o www.boletimleituras.com.br.

Todo conteúdo do antigo bL foi extraído do site paulacajaty.com, onde era hospedado, e migrado para uma nova e integrada plataforma com Facebook, Twitter, Google+, Hootsuite, Mailchimp, e outras coisitas mais.

O boletim também passa a receber novos colaboradores. A ideia é tornar o bL, cada vez mais, um espaço democrático e sem firulas para a troca de experiências sobre o mercado literário, em especial, o do Rio de Janeiro.

O amor continua. O amor pelas palavras, sobretudo. E esse é um belo motivo para continuarmos juntos.

Sejam bem vindos ao novo boletim Leituras!

 

Termos de uso do site – www.boletimleituras.com.br

*O boletim Leituras não se responsabiliza pelo conteúdo e opiniões expressas por seus colaboradores.
* Comentários ofensivos, preconceituosos, que incitem violência, ou com anúncios, não serão aprovados pelo moderador.
* O conteúdo exclusivo do boletim Leituras pode ser usado, desde que a fonte seja devidamente citada.