bolo cobertura laranja3

Não, não quero ter palavras de aresta por esses dias, minha fase é de um acreditar profundo sem precisar de prova nenhuma de que vai dar certo ou de que alguém é bom. Só ando sentindo que tudo é semente de árvore frutífera, mesmo que para já (ainda) não pareça. Mas não é que para mim já parece? Acho que percebi agora. Tem água na minha palavra. E não é salgada de cozer batatas, é água macia para passar café.

Eu vejo beleza. Nas flores cor de rosa que moravam no alto da árvore e agora forram a calçada. No labrador jovem que sai puxando a sua humana (com aquela energia de quem tem fome e pressa de engolir a vida em grandes bocados) num passeio pela rua. Nas duas velhinhas andando de braços dados olhando as vitrines em Copacabana (uma delas tem um sorvete de casquinha nas mãos). No moço sentando num banco no jardim do Museu da República lendo O diário de Frida Kahlo ( e era a edição luxuosa que eu namoro tanto). Naquela moça da Oficina de poesia que mostra as pernas e axilas não depiladas com aquele desprendimento, aquela liberdade, aquela aceitação tão tranquila do próprio corpo-casa que eu admiro tanto (minha vontade é de bater palmas quando a vejo chegando). No canto alto e desafinado da minha vizinha ♫ ♪ ♪ O peixe é pro fundo das redes/segredo é pra quatro paredes/primeiro é preciso julgar/pra depois condenar.
Eu vejo beleza. Em conseguir descascar uma laranja fazendo uma única tira (looonga) de casca. E dessa laranja fazer a cobertura de um bolo. Que fica fofinho e muito perfumado. E que acompanha aquele café feito com a água macia da minha palavra.
Bolo antigo de baunilha com cobertura de casquinha de laranja
3 ovos
1 e 1/2 xícara de açúcar
3/4 de xícara de manteiga
3/4 de xícara de leite quente
1 colher de sopa de essência de baunilha
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de amido de milho
1 colher de sopa (cheia) de fermento em pó
Para a cobertura de casquinha:
raspas de 1/2 laranja
4 colheres de sopa de suco de laranja
1 xícara de açúcar (de confeiteiro seria lindo, mas pode usar o que você tiver em casa)
Modo de fazer
Ligue o forno em 180 graus. Unte e enfarinhe uma forma redonda com buraco no meio (forma de pudim).
Numa tigela, peneire juntos o fermento, a farinha e o amido de milho. Reserve.
Na batedeira, bata muito bem o açúcar e a manteiga até formar um creme uniforme e esbranquiçado.
Junte os ovos e bata por mais 4 minutos até que o creme esteja fofo e clarinho.
Dispense a batedeira, junte os ingredientes secos e peneirados ao creme de manteiga, açucar e ovos, misturando com uma colher de pau apenas o suficiente para que a massa fique homogênea.
Junte o leite quente e a baunilha, misturando suavemente com a colher de pau até que a massa fique lisa.
Despeje a massa na forma e asse por 35/40 minutos ou até que o bolo esteja completamente assado (teste enfiando um palito perto do centro. Se o palito sair limpo, está na hora de desligar o forno e tirar o bolo).
Deixe o bolo descansar fora do forno por 5 minutos e então desenforme-o.
Enquanto o bolo descansa, misture num copo grande todos os ingredientes da cobertura. Bata bastante com uma colher de sopa para que o açúcar se dissolva no suco de laranja.
Despeje a cobertura sobre o bolo desenformado e ainda quente.
Sirva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here